Cuidados Clínicos 
Transgênicos
Blog, facilitando a interatividade 
Agenda de Luiz Meira
Iridologia
 
Parasitose Intestinal
 
Vermes..., algo muito freqüente em nosso meio. 
A contaminação da água servida com a potável é intensa, visto que existem muitas vezes por dia acidentes que comunicam suas canalizações nos ambientes urbanos. Mesmo  utilizando água mineral para beber, a contaminação acaba vindo por alimentos ou até por via aérea como a oxiuríase (em agrupamentos como escolas, igrejas etc).
 
Os exames protoparasitológicos são pouco sensíveis, sendo considerada negativa uma pesquisa somente após seis amostras negativas. Podemos considerar a porcentagem de eosinófilos (acima de 2%) no leucograma como um bom indicador indireto da existência ou não de parasitose intestinal. (desde que excluída outras causas de eosinofilia, entre elas, preponderantemente as alergias)
 
Considerando esta disseminação ambiente, a possibilidade de diminuir a resistência em geral, causar alergias, diminuir a assimilação de nutrientes, causar inflamações e até obstrução intestinal, vale a pena todos serem vermifugados pelo menos uma vez ao ano, desde um ano de idade, tanto humanos como animais, incluindo cães e gatos, de preferência em lua minguante.
 
Entre os produtos naturais, a semente de abóbora (não Cambotiá) é a ideal para expulsar helmintos (os parecidos com lombrigas).
Para os protozoários (Ameba, Giárdia etc) desconheço produtos naturais eficazes.
 

Entre os produtos químicos o Albendazol, serve para eliminar os helmintos (lombrigas), algumas larvas que atingem a circulação e os protozoários (amebas). 
  
Medicamento
Químico
Albendazol   400 mg
3 comprimidos
uma hora antes da principal refeição,
durante 3 dias 
Repetir após 28 dias.

 
  Por segurança, as mulheres em idade fértil devem usar o Albendazol durante a menstruação, pois existe a possibilidade de teratogênese (mal-formação fetal). 
Solicitar manipulação em famácia de confiança permite a exclusão dos diversos alergenos presentes no excipientes das apresentações comerciais.
 
Tomar uma hora antes da refeição, assim encontraremos o estômago e o intestino vazios, aumentando a possibilidade de contato das substâncias com os parasitas.
 
Para compreender os detalhes dos ciclos de cada parasita veja: 
http://www.cdc.gov/dpdx/az.html
  

  

 
     
AlimentosIridologiaCuidados ClínicosLista de vídeos sobre iridologiaReplique a vontade!Livro on line - Equilíbrio AlimentarTransgênicosREUTILIZAÇÃO de garrafas PETCalendário LunarGrupos Públicos de MensagensPágina InicialAgenda de Luiz Meira